SINDESP-PR solicita que vigilantes sejam incluídos como grupo prioritário na vacinação contra covid-19

Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Paraná (SINDESP-PR) enviou um ofício à Secretaria Estadual de Saúde solicitando que os vigilantes sejam incluídos nos grupos prioritários de vacinação contra a covid-19 no plano estadual de imunização.

Para o presidente do SINDESP-PR, Alfredo Ibiapina, os profissionais de segurança privada realizam atividade essencial à população e não pararam mesmo durante os períodos mais duros da doença. “A segurança privada atua como subsidiária e complementar à segurança pública. Além disso, na maioria dos postos de trabalho das empresas de vigilância os profissionais atuam na linha de frente, em portarias, recepções, e mesmo em ações inibindo roubos e delitos, de quem atenta contra o  patrimônio público”, afirma Ibiapina.

SINDESP-PR representa todo o segmento, com um total de 25 empresas associadas, que contam com mais de 12 mil profissionais e lembra que a atividade de segurança privada é essencial, conforme os decretos das autoridades nacionais e estaduais.

Confira o destaque no portal Bem Paraná.