SINDESP-PR colabora com discussão sobre projeto de lei das guaritas

O Sindicato das Empresas de Segurança Privada do Estado do Paraná (SINDESP-PR), representado por sua assessora jurídica, Tatiane Dionízio, esteve presente, no dia 10 de setembro, na Câmara Municipal de Curitiba para debater sobre o projeto de lei nº 5.00209/2017, que regulamenta a instalação de guaritas de segurança na capital paranaense. O SINDESP-PR está participando desde o início da tramitação do projeto de lei. Elaborou sugestões de texto e de complementos para melhoria do texto. A votação seria realizada na última terça-feira, mas voltou ao setor de urbanismo devido às emendas acrescentadas. A nova data para a votação da Lei das Guaritas é 23 de setembro.
O vereador Mauro Ignácio, mentor do projeto, atendeu o SINDESP-PR em suas solicitações, a fim de adequar o texto nos termos da Lei Federal 7.102/83. A nova lei municipal, se aprovada nos termos das normativas da Segurança Privada no Brasil, reduzirá significativamente a atuação das empresas clandestinas, já que no entendimento do SINDESP-PR somente empresas devidamente certificadas pela Policia Federal poderão se instalar em Guaritas de Segurança.