Salário mínimo passa a ser de R$ 1.045

Entrou em vigor, no dia 12 de junho, a lei que estabelece o aumento do salário mínimo para R$ 1.045, retroativo a 1º de fevereiro. No final do ano passado, o governo editou a Medida Provisória (MP) nº 916/2019, com reajuste de 4,1% no salário mínimo, que passou de R$ 998 para R$ 1.039. O valor correspondia à estimativa do mercado financeiro para a inflação de 2019, segundo o Índice Nacional do Preços ao Consumidor (INPC), calculado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O valor do INPC, no entanto, acabou fechando o ano passado com alta de 4,48%, o que deixou o valor do salário abaixo da inflação. Por lei, esse é o índice usado para o reajuste do salário-mínimo, embora a inflação oficial seja a medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que fechou o ano de 2019 em 4,31%.

Portanto, o governo editou a MP nº 919/2020, com o valor de R$ 1.045 para o salário-mínimo, a ser aplicado partir de fevereiro.

Fonte: Portal Contábeis