Governo adia pagamento de tributo por empresas

Em nova portaria publicada na quarta-feira (17), o Governo Federal adiou o pagamento de contribuições sociais com vencimento no mês de junho para novembro. A mudança segue o padrão do atraso dos pagamentos de abril e maio, que haviam sido empurrados para agosto e outubro, respectivamente.

A medida foi publicada no Diário Oficial da União, sob a Portaria ME nº 245. A determinação prevê também que não haverá a incidência de juros ou multa de mora ao pagamento efetuado até o novo prazo. “O prazo para pagamento da contribuição previdenciária patronal devida pelas empresas e pelo empregador doméstico, da contribuição para o PIS/Pasep e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social – Cofins, que ocorreria no mês de junho de 2020 foi adiado para o mês de novembro de 2020”, diz a Receita em comunicado. “O valor total dos recursos diferidos é da ordem de R$ 40 bilhões.”

Com informações do Estado de S. Paulo e G1.